Para amantes da gastronomia italiana

Se você é fã da culinária da Itália, o roteiro da Mi Piace pode te interessar. Ele prevê a degustação de tradicionais vinhos e pratos do país, além de dar dicas sobre produtos regionais e o seu preparo “all’italiana”.

Piazza Duomo de Milão - Itália - Foto Wikimedia.jpg

O roteiro de 11 dias começa no aeroporto de Guarulhos, com o embarque em voo rumo a Milão, no norte da Itália. Na chegada, a acomodação em hotel é seguida por tarde livre e jantar. No menu, o autêntico “Risotto Milanese”. Na capital da Lombardia também estão previstas visitas a um mercado na rua, a uma rotisserie e a uma gelateria.

Loja gourmet no centro de Milão - Site O Guia de Milão.jpg

O almoço acontece em restaurante especializado em “Polenta com Ossobuco”, com posterior pausa em uma loja de funghi, com uma aula sobre como utilizar a iguaria no preparo de pratos italianos. O fim da tarde é coroado por uma esticada a EatItaly, loja de produtos típicos do país.

Eataly Supermercado em Milão - Foto - Site flirtyfoodie

O próximo destino é Bergamo Alta, uma linda cidade medieval, onde o almoço – “Polenta Taragna” – em um restaurante do centro histórico é seguido de um stop em uma pasticceria bergamasca para provar os doces típicos da cidade. Depois de visitar à tarde uma vinícola na região da Franciacorta e degustar espumantes, você viaja para Verona.

Valpolicella - Verona.jpg

Na região vêneta do Valpolicella, o tour inclui visitas às vinícolas e degustação de vinhos. No menu do almoço, “Risotto all’Amarone”. Quando a refeição terminar, você pode fazer compras no centro histórico, e, mais tarde, aproveitar a noite livre na romântica cidade de Julieta e Romeu.

valpolicella - Foto Site Ifatto Quotidiano

De lá, ruma para Parma, onde o almoço-degustação é na Antiga Ardenga Massimo Pezzani, empresa produtora do famoso “Prosciutto de Parma”, e de vários tipos de salames, pancetttas e outras delícias da Emilia Romagna.

Prosciutto de Parma - Foto - Antica Ardenga Maximo.jpg

Já em Rocca de Rofena, você confere como é produzido o queijo “Parmigiano Reggiano” e faz um piquenique saboreando o “Borlenghi” (uma espécie de presunto), além de participar de uma divertida “caçada” às trufas brancas.

Mercado de San Lorenzo em Florença.jpg

Após o jantar, você viaja a Florença, onde de manhã visita o Mercado de San Lorenzo e, no fim da tarde livre, degusta um aperitivo “regado” a deliciosos crostinis e bruschettas fiorentinos, em VillaToscana.

Bruschetta- Foto- Site Ciao Florentina.jpg

Na região do Chianti, a programação prevê a degustação de vinhos no castelo da vinícola Vicchiomaggio, além de paradas na na Antica Macelleria Falorni e no Consorzio dei Vini del Chianti, na cidade de Greve in Chianti. O almoço, “Bistecca Fiorentina”, é seguido por visita a Radda in Chianti, Castellina in Chianti e Gaiole in Chianti.

castelo da vinícola Vicchiomaggio.jpg

Conhecer a cultura senese e sua gastronomia é seu próximo passo. Em Siena, um passeio pela manhã te conduz a um laboratório especializado na produção do Panforte de Siena, com aprendizado e degustação.

Panforte de Siena- Foto Site L'Italo-Americano

A tarde é toda sua para explorar e se despedir da cidade, pois à noite volta a Florença, onde logo cedo visita ao Mercado de Peixe da praiana Viareggio. O cardápio do almoço é à base de peixe fresquinho.

Panorâmica de Florença - Rio Arno - Foto - Site Viva Toscana.jpg

O retorno a Florença acontece no fim do dia. Pela manhã, a viagem chega ao fim e você embarca em voo rumo a São Paulo. Custa a partir de 3.880 euros (parte terrestre) por pessoa em apartamento duplo, inclusos dez noites de hospedagem em hotel quatro estrelas com café da manhã, transfers, transporte e acompanhamento de profissional durante o percurso, seguro viagem e kit exclusivo. Informações: www.mipiace.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: